Área Restrita

Prova Athenas 2017.2 será aplicada na próxima segunda-feira (16)

09/10/2017
Notícias
Institucional

Na próxima segunda-feira (16), será realizada a Prova Athenas 2017.2, em todas as instituições do Athenas Grupo Educacional, sendo elas: FAMETA, FAP, FAPAN, FSP e UNIJIPA. A prova iniciará às 19h e terminará às 22h. Vale lembrar que a tolerância máxima para os estudantes entrarem em sala é de 15 minutos, portanto, a partir de 19h15 não será mais permitido que o aluno faça a prova.

Totalizando aproximadamente nove mil avaliações, a Prova Athenas 2017.2 terá 243 versões. Nelas foram utilizadas mais de duas mil questões diferentes. Para não haver problema com a correção da prova, o aluno precisa ter total atenção na hora de preencher o cartão resposta. Se o mesmo não for preenchido corretamente, implicará na anulação das questões.  

“Avaliar é uma das bases do processo pedagógico. E a Prova Athenas, alinhada com metodologias modernas de avaliação, como as utilizadas pelo INEP, é o instrumento pelo qual o Athenas Grupo Educacional monitora o desempenho dos seus alunos com foco na melhoria dos processos de ensino-aprendizagem”, destacou o coordenador pedagógico, Edmar Sartoro.

A Prova Athenas 2017.2 será composta 20 questões de múltipla escolha. Caso necessário, o recurso de revisão de questões será recebido através do link publicado no site da sua instituição, entre às 23h da segunda-feira (16) até às 23h59 da terça-feira (17), no horário de Brasília.

Boa Prova!

Veja Também

17/04/2015
Institucional

Saiba como funciona a escola pública sem provas, turmas e disciplinas

Para conhecer a Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Amorim Lima, na zona oeste de São Paulo, é preciso deixar de lado a visão tradicional de escola. Aqui não há provas, os alunos aprendem matemática debaixo de uma árvore e as salas não têm carteiras organizadas em fileiras. Nessa escola, cada um aprende no seu ritmo, compartilha as experiências com o grupo e pede ajuda para o professor-tutor.

16/01/2015
Institucional

Estudo aponta novas descobertas sobre a memória

Segundo trabalhos recentes realizados pelos pesquisadores da Universidade de Surrey (Inglaterra), fechar os olhos na hora de pensar ou recuperar alguma informação que dependa da memória, aumenta as chances dessa informação ser apurada com mais precisão. Na publicação da revista “Legal and Criminological Psychology”, 178 voluntários foram testados e aqueles que receberam um tratamento mais carismático por parte do entrevistador responderam de olhos fechados aos questionamentos propostos, obtendo 75% de eficácia nas informações coletadas. Os entrevistados que não receberam o tratamento diferenciado e foram simplesmente questionados, obtiveram apenas 41%.

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem