Acadêmicos de Farmácia promovem ação social com atendimentos em escola de Nova Brasilândia D’Oeste

athenas Educação Física - Bacharelado, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Institucional, Odontologia

O projeto social Fórmula da Vida, organizado pelo 1º e 2º período de farmácia da Faculdade São Paulo, levou atendimentos a escola E.E.E.F.M Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, na cidade de Nova Brasilândia D’Oeste no domingo passado, 23 de setembro.

Foram realizados atendimentos estéticos, atividades infantis, zumba, consulta e vacinação veterinária, consulta fisioterapêutica, atendimento psicológico, avaliação nutricional, limpeza de pele, ginastica laboral, emissão de passe, aferição de pressão, teste de glicemia, tipagem sanguínea, hemograma, coleta de preventivo, testes rápidos, consulta médica, drenagem linfática e palestras educativas.

Participaram da ação: acadêmicos dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia, Odontologia, Educação Física e Farmácia, os professores desta área Thiago Kastell. Marco Túlio, Jerri Adriano , Jorge Pedro Rogrigues e Solange Balbinot e a coordenadora do curso, Elin Leiliani Gomes Rolim.

O evento teve mais de 800 atendimentos e orientações.

Projeto Social

Os acadêmicos foram responsáveis pela elaboração, organização e execução do projeto, e contaram com diversos parceiros: Secretaria de Saúde, Prefeitura, Laboratório, Secretaria de Esporte, Secretaria de Transporte e a escola E.E.E.F.M Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, entre outros, que contribuíram de forma decisiva para a qualidade e sucesso da ação social.

O evento teve o objetivo de contribuir na formação de profissionais qualificados e preocupados com a comunidade, além de proporcionar mais união entre as turmas e pensamento crítico sobre a importância da profissão.

“Ser voluntário é ajudar gratuitamente alguém, para investir em um futuro melhor”, opinou o aluno do 2º período de farmácia, Lucas Camargo.

“Ver o empenho dos acadêmicos em proporcionar uma ação social para a comunidade, é gratificante. O cuidado com cada detalhe e a preocupação em ajudar, formaram profissionais mais humanizados e de qualidade”, declarou a Coordenadora de farmácia.